Resenha: Jacob’s Ladder (1990) um incrível Thriller psicológico

Sinopse: 

Jacob (Tim Robbins) é um ex-soldado no qual a Guerra do Vietnã deixou marcas profundas e irreversíveis. Constantemente, Jacob vê seres estranhos ameaçando-o de morte, com suas lembranças familiares do passado se misturando a alucinações desconexas de algo que aconteceu na guerra e alterou radicalmente sua percepção da realidade. Contando apenas com o apoio de sua namorada, Jezebel (Elizabeth Peña), e de seu amigo Louis (Danny Aiello), Jacob tenta descobrir a causa verdadeira de seus delírios. Dirigido por Adrian Lyne.

Resenha (CONTÉM ALGUNS SPOILERS): 

O filme traz consigo um roteiro incrível e prende a nossa atenção do início ao fim. Tudo começa quando Jacob e seus companheiros sofrem um ataque enquanto descansam. Mas logo de início percebemos que tem algo de estranho acontecendo.  A maioria dos seus companheiros são mortos e Jacob é ferido gravemente. A partir daí se iniciam as idas (e vindas) do protagonista a outra realidade. Jacob começa  a presenciar diversos acontecimentos bizarros e inexplicáveis, o que o leva a duvidar de sua própria sanidade e buscar uma explicação para os tais eventos sinistros. Tudo vai de mal a pior e ao decorrer da trama Jacob  descobre que um experimento do  exército está ligado aos tais acontecimentos.

O filme dirigido de forma brilhante por Adrian Lyne nós deixa confusos a respeito do que é ou não real. Além de levantar reflexões sobre a guerra e a morte. E, o final é incrivelmente surpreendente!

Jacob’s Ladder mais que um Thriller psicológico, é uma obra filosófica recheada de simbologias (que estão presentes até em seu título).  É um excelente filme que recomendo para vocês! O filme serviu de inspiração direta para os criadores de Silent Hill, e foi o que justamente me levou a assisti-lo. 

Trailer do filme (infelizmente não encontrei legendado): 

Fiquem com este pensamento de Mestre Eckhart, que está presente no filme e que reflete à principal reflexão abordada nele:

“A única coisa que arde no inferno é a parte que você não deixa ir da sua vida, suas memórias, suas pendências. Eles (demônios) queimam todas. Mas não para puni-lo. Eles estão liberando sua alma. Então, da maneira como Eckhart o vê, se você está com medo de morrer e… E você está resistindo, você verá demônios destruírem a sua vida. Mas se você vai em paz, então os demônios são realmente anjos, libertando-o da terra. É apenas uma questão de como você olha para ele, isso é tudo”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s